14 Maio 2016 | Videoaulas Assista a mais um vídeo da série "Dicas de estudo com o professor Paulo Moreira"!

Área Gratuita

20 Maio de 2016 | Artigos Nova Ação Monitória

Planos

Questões Objetivas, Questões Discursivas, Sentença Federal, Sentença Estadual, Peça/Parecer MP Estadual, Peça/Parecer MP Federal, Peça/Parecer PGE/PGM e Peça Processual DP Estadual

Questões Objetivas, Questões Discursivas, Sentença Estadual, Peça/Parecer MP Estadual, Peça/Parecer PGE/PGM e Peça Processual DP Estadual

Questões Objetivas, Discursivas e Sentença Estadual

Questões Objetivas, Discursivas e Sentença Federal

Questões Objetivas, Discursivas e Peça/Parecer MP Estadual

Questões Objetivas, Discursivas e Peça/Parecer MP Federal

Questões Objetivas, Discursivas e Peça Processual DP Estadual

Questões Objetivas, Discursivas e Peça Processual DP Federal

Procuradorias Estaduais e Municipais

 

Questões Objetivas, Discursivas e Peça/Parecer PGE/PGM

Questões Objetivas, Discursivas, Sentença Estadual e Peça/Parecer MP Estadual

Questões Objetivas, Discursivas, Sentença Federal e Peça/Parecer MP Federal

Questões Objetivas, Discursivas, Sentença Estadual e Sentença Federal

 

Questões Objetivas, Discursivas, Peça/Parecer MP Estadual e Peça/Parecer MP Federal

Questões Objetivas, Discursivas, Peça/Parecer PGE/PGM e Peça Processual DP Estadual

Questões Objetivas e Questões Discursivas

 

Depoimentos

Enviar depoimento

Hoje sou juiz de direito do TJDFT. Realizei o que não tem preço: meu sonho. A conquista veio com disciplina nos estudos, mas o ponto-chave está na palavra "revisão" e na expressão "em curto espaço de tempo". Como revisar? Há várias formas. Sugiro algumas a seguir: anotar as aulas do cursinho e reler as anotações no mesmo dia (ou, no máximo, no dia seguinte), e depois reler as anotações da semana no sábado ou no domingo; grifar palavras ou frases importantes de cada tópico do livro (...) e reler os grifos no mesmo dia (...) criar perguntas enquanto está estudando e (...) responder as perguntas no mesmo dia, e depois responder todas as perguntas da semana no sábado ou no domingo. Ao final do mês, guardar uns dias só para revisar o que foi aprendido (...) Outra coisa muito importante é praticar. (...) Foi aqui que o Emagis entrou: assinei o curso para poder praticar. Ao final, sempre lia as melhoras respostas e as melhoras sentenças, para gravar a matéria e corrigir meus erros. Eu também comprei algumas rodadas antigas para aprender mais. Vale muito a pena insistir e se dedicar, porque não há nada mais gratificante que conquistar o sonho de ser magistrado e acordar todo dia pensando: "hoje vou ao Fórum trabalhar porque sou juiz"! Bons estudos e muita força!

Felipe Berkenbrock Goulart, 6º lugar no Concurso para Juiz de Direito do TJ/DFT

"(...)já li muitos relatos de candidatos que obtiveram suas aprovações, mas nunca imaginei que um dia eu seria uma dessas pessoas a elaborar textos para ajudar os amigos. Aos colegas que sonham com a magistratura dou uma dica, definam um único objetivo, escolham um, disse UM, edital e estudem com base nele. Eu perdi muito tempo desviando meu foco de estudo.(...)Façam um cronograma diário de estudos, é totalmente viável conciliar o trabalho com os estudos, falo isso por experiência própria, conciliei 5 anos de trabalho com estudos diários. Complemente os estudos com exercícios, nesse ponto foi essencial para minha aprovação o curso Emagis, nunca havia trabalhado no judiciário, assim, sempre tive dificuldade na elaboração de sentenças,(...)o método de elaborar sentenças semanais é fantástico, além de treinar e aprender os requisitos legais, você também estuda as discussões judiciais do momentoA minha prova de sentença civil do TJMT foi bem parecida com uma sentença que já havia feito no Emagis, ao abrir a prova e ler o conteúdo da avaliação, lembro que senti uma imensa segurança, pois já sabia exatamente o que deveria ser feito(...)"

Arthur Moreira Pedreira de Albuquerque, 1º lugar no Concurso para Juiz de Direito do TJ/MT

"Gostaria de registrar meus agradecimentos ao Emagis. Como todos sabem, a segunda fase nos concursos para a magistratura federal é a etapa mais difícil de ser vencida (...). Os simulados elaborados pelo Emagis são extremamente úteis para que o candidato adquira familiaridade com as questões e ganhe conhecimento e prática para enfrentar a segunda fase do concurso. Os casos encaminhados são sempre atuais e acompanhados de instruções rápidas e objetivas sobre a elaboração da sentença. Em seguida, o feedback dos instrutores e as sentenças escolhidas como paradigma na rodada auxiliam o aluno a identificar suas não conformidades e a se ajustar. Com a aplicação do método, é possível em pouco tempo adquirir fluência na elaboração de sentenças. Parabéns ao Emagis pelo bom trabalho e por sua contribuição à realização dos sonhos de tantos estudantes." 

Felipe Bittencourt Potrich, 7º lugar no concurso de Juiz Federal Substituto da 2ª Região

"O Emagis foi fundamental na minha aprovação. Eu não tinha norte algum sobre como seria a segunda etapa de um concurso para a Defensoria Pública Estadual, e os treinamentos semanais me capacitaram e fizeram com que eu não tivesse nenhuma surpresa ao fazer as provas. Não tenho dúvidas de que o treino árduo é o segredo para o êxito, e o Emagis me proporcionou isso: novas questões e peças a cada semana, com uma correção individualizada, o que me preparou para alcançar a tão sonhada aprovação. A caminhada é difícil, mas existem pessoas que a fazem ser mais amena. A equipe do Emagis conseguiu tornar minha caminhada mais leve."

Gabriela Fernandes Correia Lima, 8º lugar no concurso para Defensor Público do Estado da Paraíba.

"A passagem rápida, mas extremamente proveitosa pelo curso de sentença da Emagis foi fator de grande contribuição para que lograsse êxito nas provas práticas do concurso da magistratura estadual do TJ/MT. Já havia feito outros cursos de sentença, mas o método prático com rodadas de exercício, sem se esquecer dos apontamentos teóricos em suas resoluções, é um diferencial na preparação do concurso que pude detectar facilmente no curso oferecido pelo Emagis. Aos colegas que continuam na estrada dos concursos públicos para ingresso na carreira jurídica almejada continuem a perseverança neste ideal, pois a gratificação por um sonho alcançado recompensa todo esforço despendido."

Jean Paulo Leão Rufino, 7º lugar no concurso para Juiz de Direito do Estado do Mato Grosso.

Testes seus conhecimentos

(Emagis) Sobre o princípio constitucional da presunção de inocência (CF, art. 5º, LVII), julgue os itens abaixo e aponte a alternativa correspondente.
I - Segundo entendimento do STF, viola o princípio da presunção de inocência a negativa de homologar diploma de curso de formação de vigilante com fundamento em inquéritos ou ações penais sem o trânsito em julgado.
II - De acordo com o posicionamento pacífico do STF, inquéritos policiais, processos em andamento ou absolvições não podem ser valorados negativamente na fixação da pena-base, a título de maus antecedentes, conduta social ou personalidade desfavoráveis, sob pena de ofensa ao princípio da presunção de inocência. O mesmo, contudo, não se pode afirmar em relação a condenações criminais extintas há mais de cinco anos, que podem ser utilizadas para fins de configuração de maus antecedentes, embora não forjem reincidência.
III - Consoante jurisprudência assentada pelo STF, somente se legitima a prisão, antes do trânsito em julgado, se presentes os requisitos atinentes à cautelaridade da custódia.

a) somente há erro no item I.

b) apenas os itens I e II estão corretos.

c) somente há erro no item II.

d) apenas os itens II e III estão corretos.

e) somente há erro nos itens II e III.


Responder

Área Restrita

Entre com seu e-mail e senha para acessar sua Área Restrita.

Leia a entrevista com o juiz federal e professor Flávio Borges

Newsletter

Para receber novidades por e-mail, por favor digite seu e-mail no campo abaixo:

Redes Sociais

Rodada da Semana

Emagis Copyright © 2010- - Todos os direitos reservados.
O Emagis é uma instituição privada, sem qualquer vinculação a órgãos públicos.
ILION.com.br